Nasceu o primeiro bebê infectado com coronavírus durante a gravidez em Portugal

2

Nasceu, há cerca de duas semanas, o primeiro bebê em Portugal que foi infectado com o novo coronavírus durante a gravidez. A notícia foi avançada pelo Expresso e confirmada pelo PÚBLICO junto a Fernando Cirurgião, diretor do serviço de obstetrícia do hospital São Francisco Xavier, onde o bebê se encontra internado.

“Era uma gravidez que teve infecção confirmada, sabíamos que uma grávida tinha covid-19. Como tal, o levantamento da suspeita em relação ao bebê permite que as colheitas sejam feitas imediatamente ”, explica o especialista, relatando uma amostra de sangue retirada na criança logo após o nascimento mostra provas de que houve transmissão vertical congênita no útero .

O bebê nasceu com 34 semanas e dois dias, com sintomas graves de covid-19 – como falta de ar e pneumonia – que são obrigados a transferir da criança para os cuidados intensivos.

“Importa lembrar que é um bebê prematuro por natureza . Esta doença infecciosa, um exemplo de outras, está associada a um maior risco de prematuridade. Como tal, são bebês que podem precisar desse apoio da neonatologia. Aí é que fica um bocadinho na dúvida quando a gravidade da situação. Comparativamente, outros bebês com esse tempo de gestação, parecem-me que podem ter uma intensidade maior de sintomas e dificuldades que outros bebês com 34 semanas, talvez não tivessem. É um bocadinho que leva a dizer que pode existir um componente associado à infecção materna e não há maturidade ”, considera Fernando Cirurgião.

A mãe do bebê, que não pertence a nenhum grupo de risco, está recuperando a infecção, como o recém-nascido. Apesar de já terem ocorrido nascimentos nascidos em mães infectadas com covid-19, este é o primeiro caso conhecido no país de uma transmissão de vírus no útero durante a gravidez.

https://www.publico.pt/2020/07/18/sociedade/noticia/nasceu-bebe-infectado -coronavírus-durante-gravidez-portugal-1924972,, image,